VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA E LABORATÓRIO

Saúde   |      SEMUSA

Atua na coordenação, em nível municipal, e execução de ações específicas de programas definidos pelo Ministério da Saúde, dentre os quais: Doenças e Agravos Não Transmissíveis (DANTS), Programa Nacional de Imunizações (PNI), Sistema de Informação de Mortalidade (SIM), Sistema Nacional de Agravos de Notificação (SINAN), Sistema Nacional de Nascidos Vivos (SINASC), Programa de Monitoramento da Doença Diarreica (SIVEP-DDA), Programa de Monitoramento da Influenza (SIVEP-GRIPE) e Programa de Doença Transmitida por Alimento (DTA).Com os serviços de carteira internacional de vacinação; Triagem neonatal do teste do pezinho; Atendimento médico ás quintas-feiras para pacientes com toxoplasmose e toxoplasmose em gestantes; Exames para a emissão de carteira de saúde; Exames de malária, esquistossomose, pesquisa de BAAR, leishmaniose, hanseníase e outras patologias epidemiológicas; Fornecimento de medicações para agravos de doenças epidêmicas (malária, esquistossomose, influenza, e toxoplasmose em gestantes); Fornecimento de passagens para Nativida, Hospital Santa Marcelina (Hanseniase) e CEPEM (Hepatites Virais).

Instituído pela Lei Federal n. 6.259/75, foi criado o Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica. A lei explicita a organização das ações de Vigilância Epidemiológica no país. Em 2009 foi instituída a Portaria n. 3.252 que traz as atribuições das esferas de governo para o desenvolvimento dos sistemas de vigilância a nível nacional, estadual e municipal.

 

Endereço/Telefone:

Rua Porto Velho, n. 2307, bairro Dom Bosco, Ji-Paraná/RO.  Telefone: (69) 3424 7401.

 

Público Atendido:

Demanda espontânea.

 

Formas de Acesso:

Para ter acesso ao serviço o usuário deverá comparecer no endereço acima citado com pedido médico ou solicitação de empresas.


Horário de Atendimento:

Das 07h às 13h atendimento na Vigilância Epidemiológica, de segundas as sextas-feiras.

Das 07h às 19h atendimento no Laboratório, de segundas as sextas-feiras.

 

Documentos Necessários:

Documentação pessoal com foto (RG, Carteira de Trabalho ou CNH);

Cartão do SUS; e

Comprovante de residência.

 

Forma de Acompanhamento:

Poderá ser acompanhado diretamente na Vigilância Epidemiológica e Laboratório.